Uncategorized
10 de fevereiro de 2016
Criado por: Peter Nowalk 
Ano: 2014
Com: Viola Davis, Billy Brown (II), Alfred Enoch
País: EUA
Gênero: Drama, Suspense
Sinopse: Michaela, Wes, Laurel e Patrick são ambiciosos calouros de Direito da prestigiada academia East Coast Law School, onde apenas os melhores alunos podem participar de casos reais. Eles competem entre si para conseguir a atenção da carismática e sedutora Professora Annalise DeWitt (Viola Davis), na aula de Direito Criminal I, também conhecida como “Como Se Livrar de Um Assassinato”.
-xx-
Fala galera, tudo certo com vocês? Estou aqui na maratona de postagens para vocês nesse domingão do blogão (via: a Praça é Nossa)
How to Get Away With Murder já começa intenso, com quatro estudantes que estão tentando esconder um corpo e a arma do crime em uma floresta. Para ficar com aquele gosto de “continua”, é feita uma quebra de tempo para três meses antes na aula da professora Annalaise, professora de Direito Criminal I que apelida a matéria de “Como Se Livrar de Um Assassinato”.
Nessa aula, Annalaise pede para os alunos lerem um caso para ocorrer um pequeno debate em sala e, para a surpresa dos alunos, o caso ainda não foi julgado e Annalaise propõe aos alunos realizar uma defesa que deve ser apresentada em um minuto e os alunos que se sobressaírem irão acompanhar o julgamento e os quatro melhores alunos irão conseguir um estágio com a professora, que são Walsh, Asher, Michaela, Laurel e Wes, que foi aceito por conta da quantidade de trabalho que Annalaise tem.
A série tem um ritmo incrível, que nos faz ficar ansiosos para o próximo episódio e gera uma expectativa gigante que é muito bem correspondida. E, claro, eu não posso deixar de falar da produtora Shonda Rhimes, que também produz Grey’s Anatomy (já resenhada aqui no blog) e Scandal, duas séries que eu ando acompanhando às vezes e que, com certeza, vou dar mais atenção para elas. A atuação de Viola Davis está fantástica, o que me fez querer fazer maratona de filmes dela e ficar assistindo a segunda temporada em um outro site que não o Netflix.

Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

  1. Daniela Silva

    10 de fevereiro de 2016

    Oi Juliana!
    Já disse uma vez, mas vou repetir. Adorei a forma como você coloca os títulos nas postagens, sempre com frases criativas HAHA <3
    Ultimamente tenho gostado muito de ver séries, gostei de conhecer mais essa, parece mesmo intensa e instigante! Quero começar a ver também. 🙂
    beijos ♥
    nuclear–story.blogspot.com | Sorteio A Rainha Vermelha

    • Juliana Piquerotti

      12 de fevereiro de 2016

      Olá!
      Que bom que você gosta dos títulos HAHAHA <3 Penso neles com muito carinho para tentar chamar atenção.
      Espero que você goste da série! E me conte o que achar depois.

  2. Gisele Rocetti

    10 de fevereiro de 2016

    Parabéns pelo Blog!
    Sucesso sempre!
    Bjinhos

    http://omundodegiselerocetti.blogspot.com.br/

  3. Annie Santos

    21 de julho de 2016

    Olá Juliana, essa série é incrivelmente maravilhosa, adoro!
    Adorei o post contando sobre!
    Xoxo.
    http://realeza-diferente.blogspot.com.br