Todos os posts sobre Uncategorized

Uncategorized
6 de janeiro de 2017
E chegamos mais uma vez com aquele post que não teve em novembro, mas tem em dezembro. Eu fiquei com muitas saudades dessa postagem pois eu faço um remember de tudo o que rolou no mês e o melhores do ano é melhor ainda, pois o remember é maior.
Esse ano teve muita coisa boa, muita novidade e muita coisa incrível nas novas mídias e vou aqui contar para vocês o que ganhou no meu ano de 2016. Se vocês gostaram de alguma coisa ou não gostaram me falem que eu adoro quando vocês comentam sobre as coisas do blog.
Série do ano: Stranger Things
Stranger Things é uma série da linda, maravilhosa, incrível, irreverente, segura de si, Netflix. O enredo é focado no desaparecimento misterioso de Will, que começa a encadear um tanto de acontecimentos estranhos na cidade de Hawkins. Os amigos do garoto Mike, Lucas e Dustin começam a investigar paralelamente à polícia e encontram uma garota com poderes chamada Eleven. A trama é fantástica e eu garanto que vocês vão acabar de ver a série querendo a segunda temporada.
Imagem: Netflix


Game/App do ano: Pokémon GO
Um jogo que, assim que saiu foi a maior febre. Todo mundo baixou e começou a jogar no ônibus indo para o serviço, indo para casa, começou a disputar batalhas, o aplicativo deu o que falar nas primeiras três semanas de lançamento e hoje poucas pessoas jogam. Felizmente, eu sou uma dessas poucas pessoas. Pokémon GO é um jogo de realidade aumentada que você tem que sair atrás de muitos Pokémons e completar a sua Pokedéx. Já tenho mais de 100 monstrinhos, e vocês?
Imagem: Redbull


Livro do ano: Doutora da Alma (autora: Paloma Bernardino)
Quando uma amiga nossa anuncia que vai lançar um livro, você já fica na expectativa. Aí você lê o livro e vê algo tão poético, tão bonito que fica até sem reação ao le e para falar sobre ele. O enredo é narrado por Danilo Vaccari e mostra a amizade que ele tinha com Valentina Rodrigues. Porém a garota tem que mudar para São Paulo e eles perdem o contato até que Danilo, um ano depois, reencontra Valentina em um programa de televisão para falar sobre seu best-seller O Voo da Borboleta. O romance é muito bonito, cheio de metáforas e gera uma expectativa muito grande no leitor. Em breve vai sair resenha aqui no blog e falarei mais sobre o livro.
Imagem: Arquivo pessoal

Filme do ano: Capitão América – Guerra Civil
Não é o novo filme do Star Wars porque eu não fui ver ainda hahaha. Mas é filme de heróis porque meu lado nerd dominou os cinemas de Belo Horizonte para ver filmes baseados em HQ e mais geeks. Guerra Civil é aquele filme que me fez querer chorar, querer brigar com todo mundo no cinema (colegxs, vocês não precisam gritar feito loucxs toda cena que aparece o Chris Evans), querer ver de novo umas trezentas vezes (acho que eu vi só mais 299 vezes depois) e me deu uma expectativa gigante para o filme do Homem Aranha com o Asa Butterfield. 
Imagem: Pipoca e Nanquim
Site do ano: Love is Colorful
Eu gosto MUITO do blog da Bá Nassar, ela é uma fofa e tem um blog fantástico. Se você quer dicas de viagem, blog, produtos, looks e entre outras coisas acessem o blog dela porque vai ter tudo e mais um pouco do que você precisa!

Imagem: Blog Love is Colorful

Álbum do ano que vai ser artista do ano: Christina Grimmie

Eu já tinha conhecido os covers da Grimmie tem muito tempo e parei de ouvir com o tempo, mas em dezembro eu ouvi quase todas as músicas dela. Infelizmente a Christina foi assassinada em junho de 2016, mas sua música e seu legado vão ficar para sempre.

Anime do ano: Orange
Se não fosse essa belezinha seria qual anime meu povo? Não foi nem um pouco difícil escolher o anime do ano em 2016, já que Orange ganhou o meu coração em 2016 e provavelmente vai ganhar em 2017 também (ou não, me indiquem animes). A história desse anime é incrível, o mangá é perfeito e tenho certeza que vocês vão gostar.

Imagem: Site Farol Cultural

Canal do YouTube do ano: PenseGeek

No canal PenseGeek, as Satty comenta sobre coisas da vida dela, responde os fãs, faz vídeos de Game Plays e muitas outras coisas. Tem muito vídeo para se divertir e rir, mas também tem muitos vídeos sérios de assuntos que muitas vezes não são tão comentados quanto deveriam.

Juki

Graduanda em letras e canceriana de 21 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Uncategorized
4 de janeiro de 2017
Fala galera, tudo certo com vocês?
Estou aqui, lindamente, nesta manhã para apresentar para vocês as mudanças de 2017 no blog e no canal. São muitas mudanças, muitas novidades e espero de coração que vocês gostem e deixem a opinião de vocês!
1. Vídeos aos fins de semana
Não só domingo e não só sábado, mas todos os fins de semana vão ter vídeos no canal. Eu produzi muitos vídeos em 2016, vou editar e vir com tudo neste ano com vlogs, game plays, vídeos especiais e spoiler: minha mãe jogando Amor Doce.
2. VEDA (Vlog Every Day April)
SIM, VAI TER VEDA! Programei minhas férias no serviço para o mês de março, então vou gravar e editar loucamente para adiantar muitos vídeos para vocês. E, como vai ter vídeo todos os dias no mês de abril, não vou postar no blog neste mês para não surtar tanto. Se tiver post, vai ser para divulgar o vídeo do dia.
3. Novo layout
Vamos ter um novo layout em breve. Já encomendei e está tudo certinho e o lugar onde encomendei está dando os ajustes finais, então o layout deve estar pronto no meio de janeiro ou início de fevereiro. Como uma das minhas metas é profissionalizar o Loucuras ao Vento, o layout vai ser no wordpress.org com muito mais coisas para vocês.
4. Juki todo dia
O Juki todo dia é um projeto que tenho de fazer posts todos os dias em uma semana. Como temos muitas novidades para o primeiro semestre, esse projeto vai ser a partir do segundo semestre de 2017 e postarei uma vez em cada mês ou de dois em dois meses, ainda vou definir direitinho.
E as novidades são essas! São poucas, mas exigem muito de mim e eu estou muito empolgada com o blog e com esse ano que inicia!
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 21 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Uncategorized
2 de janeiro de 2017

Fala galera, tudo certinho com vocês?

Antes de tudo, gostaria de desejar a todos vocês um excelente ano de 2017, com muita paz, saúde, dinheiro, sem bad, que os crushs/as crushs 2D virem 4D e entrem para nossa vida, que os cushs/as crushs 4D não sejam crushs mais, que o senpai/a senpai te note e muito mais coisas boas.
Eu sei que não apareci muito no blog, mas eu estava organizando muita coisa para esse ano que se inicia, com muitas novidades que serão faladas depois, já que o dia hoje é para agradecer pelo ano maravilhoso que passou.
Tive um crescimento pessoal imenso em 2016, fiz coisas que eu achei que nunca faria, descobri mais coisas que eu gosto, cuidei mais de mim, comprei roupas sem ser na Black Friday (ou seja, paguei caro pra cacete por roupas bonitas), fiquei mais otimista e, mesmo que eu tenha me distanciado do blog, eu sempre pensei no meu cantinho como algo a mais, não só um cantinho, mas uma segunda casa. Aprendi a me policiar mais, a controlar meu tempo, consegui não me sentir tão mal por ser eu e diminui a minha timidez, gravado um vlog em um evento. Vocês não tem noção de como isso foi um passo gigante para mim.
E eu só tenho que agradecer a vocês. Vocês, leitores do blog, sempre, sempre, sempre animam os meus dias, fazem com que eu queira continuar a escrever aqui, continuar a produzir vídeos, coisas que eu gosto e quero fazer muito em 2017. Também quero agradecer muito a minha mãe e a minha irmã, que foram duas bases para mim nesse ano, sempre me animando e apoiando, seja na vida real ou no blog. Aos meus amigos, estamos juntos em 2017 porra! Hahaha. Muito obrigada por tudo para vocês (não vou citar nomes pois eu sei que vou esquecer de alguém, então sintam-se marcados).
Em 2016 eu consegui muitas coisas por causa do blog, uma blogueira que eu admiro muito comentou em duas postagens aqui do blog e isso foi incrível. O transito de pessoas aqui aumentou pra cacete também, eu distribuí alguns cartões de visita em livrarias de Belo Horizonte e isso contribuiu bastante para o nosso crescimento. Conheci blogueiros, blogueiras e youtubers maravilhosxs que eu quero gravar com eles um dia e eles já estão intimados para isso haha.
Enfim, mesmo que tenha acontecido tragédia após tragédia em 2016, meu ano foi sem palavras. Muito obrigada por esse ano minha gente! Estaremos juntos aqui em 2017 e ao infinito e além!
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 21 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Uncategorized
27 de dezembro de 2016

Foi seu aniversário ontem e, como uma memória que não sai da minha cabeça por nada, lembrei de todas as vezes que nos esbarramos em festas e você preferiu alguma outra menina. As vezes que você puxou papo comigo e correu atrás da ex. As vezes que eu curtia uma foto sua e você retribuía na mesma hora, para ver o que você faria. As conversas que, mesmo que curtas, mexiam comigo para caralho.
E, para coroar, encontrei com você outro dia. Ah, malditos amigos em comum! Acho engraçada a forma a qual você me olha como se fosse a primeira vez todas as vezes que nos encontramos ou conversamos. Essas coisas para você pode não significar nada, mas mexem comigo. Afinal, não tem como não mexer com o meu emocional e com todas essas lembranças.
Conto para amigas minhas sobre isso e elas dizem que daria uma bela história de amor. Pensando nisso, começo a rir sozinha enquanto escrevo mais um texto.
Se teremos uma história de amor eu não sei, mas vou ficar aqui escrevendo mais alguns textos para você em segredo. Afinal, você nunca irá deduzir que é a inspiração para alguns de meus textos.

Juki

Graduanda em letras e canceriana de 21 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Uncategorized
26 de dezembro de 2016

Fala galera, tudo certo?
Estou aqui com um post diferente para vocês nesta segunda-feira, um post comentando sobre primeiras impressões. A minha xará, Julianna Rodrigues, lançou um livro e queria blogueiros e blogueiras para falar sobre a obra e coloquei o nominho do Loucuras ao Vento na lista e recebi o material para comentar sobre as primeiras impressões do livro Não foi suicídio. Deixarei no final do post link para comprar o livro, caso você se interessar.
Título: Não foi Suicídio
Autora: Julianna Rioderguz
Sinopse: Belina vê sua vida virar do avesso ao presenciar um suicídio. Frio, rápido e sem explicação. Uma jovem se joga do topo de um prédio, tendo seu corpo perfurado pelos cacos de vidro da calçada. Ninguém entende como uma jovem no auge de sua vida era capaz de cometer o ato.  Mas o que aparentava ser um mero suicídio, se revelou maior do que isso. Belina se vê diante de um assassino de força sobre-humana, capaz de levar a mente de suas jovens vítimas à loucura, torturando-as profundamente em sua psique. Agora, ela deverá correr contra o tempo para descobrir como parar o temeroso assassino e seu cão maldito, antes que seja tarde.
Editora: Young Editorial
Dimensões: 16×23
Páginas: 316
Categoria: Ficção
ISBN: 978-85-5695-022-2
Capa:
Eu achei a capa bem macabra haha. Ela tem um estilo mais sombrio, que prendeu a minha atenção e despertou a minha curiosidade em ler a obra.
Sinopse:
A sinopse da obra é bem chamativa, mas não me deixou com muita curiosidade de ler a obra. Com a sinopse, pensei que era algo mais suave, da personagem principal realizar uma reflexão sobre o passado dela e a relação que ela tinha com a pessoa. Lendo as primeiras páginas eu percebi que eu viajei legal.
Diagramação:
Gostei muito da diagramação da obra. Os estilos do início de capítulos com a modelo da capa em preto e branco mais desfocada, achei bem diferente e combinou com o clima de suspense do livro. Não encontrei erros na diagramação, o que é bem positivo.
Primeiras páginas:
Primeiramente, vou deixar um recadinho para a autora que me enviou o pdf das primeiras páginas: você não tem coração? Sério, você tinha que parar justo naquela parta para me deixar extremamente curiosa para ler o resto? 
Agora brincadeiras à parte, eu fiquei surpresa com as primeiras páginas. O prólogo narra uma cena de suicídio, a qual uma jovem cai de um prédio e a personagem repara no olhar da falecida que ela seria uma das vítimas. 
Achei assustador? Pra cacete. Desisti de ler? Claro que não. 
Outra coisa que eu reparei nas primeiras páginas é que o envolvimento da Belina no crime é praticamente imediato; tem o assassinato e os policiais a reconhecem, chamando-a para ajudar a solucionar o crime dando algumas pistas sobre a vítima, uma vez que Belina foi a única pessoa que olhou para cima do prédio que a filha de seu chefe caiu e morreu, questionando se realmente foi suicídio.
Nota final:
O livro deixa os leitores aflitos e curiosos para ler tudo de uma só vez. Tanto que eu li umas trinta páginas e fiquei querendo mais e mais da história. Gosto muito de livros de suspense e, com certeza, vou querer este livro na minha estante.
Compre o livro aqui!
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 21 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.