Games
18 de setembro de 2017
Olá pessoal, tudo bem com vocês? Mais uma segundona que eu finalmente resolvi procurar saber mais sobre um jogo. Uncharted: The Lost Legacy é um jogo que eu estava doida para ver mais sobre e ele não decepcionou. Vem conhecer um pouco mais sobre este jogo maravilhoso!

Sobre o jogo:

A desenvolvedora aclamada pela crítica Naughty Dog lança a primeira aventura independente da história da franquia Uncharted, liderada pela personagem favorita dos fãs, Chloe Frazer.

Para recuperar um antigo lendário artefato indiano e mantê-lo longe do alcance de um aproveitador implacável de guerra, Chloe Frazer deve recorrer à ajuda da renomada mercenária Nadine Ross (de Uncharted 4: A Thief’s End). Juntas, elas se aventurarão pelas montanhas da Índia em busca do lendário artefato. Ao longo do caminho, elas aprenderão a trabalhar juntas para desvendar o mistério do artefato, lutar contra a forte oposição e impedir que a região caia no caos.

Fonte: Playstation.com

Minha opinião:

Achei diferente a ambientação deste Uncharted. O ambiente Índia + selva, com vários elementos da cultura indiana presentes foi algo definitivamente incrível. No jogo, controlamos Chloe, uma caçadora de recompensas que busca a presa de Ganesh junto com Nadine.

Durante o jogo, conhecemos mais sobre a história de Chloe, a relação da garota com o pai e a motivação dela para procurar a relíquia. Além da história, duas coisas me fascinaram bastante na história. A primeira é a inteligência da Chloe. Deu para ver que a produção do jogo estudou para cacete as lendas indianas antes de inserir no jogo. A segunda coisa é o gráfico do jogo. Algumas cenas ficaram tão bem feitas que até parece fotografia do lugar, de tão real que ficou.

O jogo, exclusivo para PlayStation 4 até o momento, deixa os jogadores com um gostinho de “quero mais”. Sem contar que, no final, dá vontade de jogar tudo de novo!

Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Games
19 de junho de 2017

Quando eu comentei sobre os anúncios de jogos na E3 que eu mais me interessei, coloquei na listagem Uncharted: The Lost Legacy. E, seguindo a vibe sobre as curiosidades que eu fiz sobre o jogo Tomb Raider, pensei em fazer uma postagem com cinco curiosidades da franquia Uncharted!

1. The Last of Us

Algumas franquias amam colocar easter eggs em suas produções, comentando sobre um mesmo jogo da franquia. Já vi em Tomb Raider, em Assassin’s Creed, Resident Evil… Mas o easter egg de Uncharted é diferente! No terceiro jogo, é possível ver um jornal que comenta sobre cientistas com dificuldades na cura para um fungo mortal, plot do jogo The Last of Us. Ambos os jogos foram produzidos pela Naughty Dog, porém é a primeira vez que vejo um easter egg assim (fora o “it’s me, Mario”, em AC). Além diosso, há uma cena em The Last of Us que vemos um boneco do personagem Drake.

Imagem: Game Hall

Imagem: Tech Tudo

2. Saudades do Crash Bandicoot?

Quem é mais das antigas como eu obviamente conhece o jogo Crash Bandicoot. Eu mesma passei horas e horas jogando e me aventurando e I regret nothing. No primeiro Uncharted, o avião do Sully tem o nome de “Hog Wild”, uma das frases de Crash. Além disso, é possível jogar a primeira fase do Bandicoot em Uncharted 4. Coincidência? Não, apenas que há responsáveis pelo jogo Crash que trabalham na Naughty Dog.

Imagem: Play Station Blast

3. Jackass no pedaço

Para a criação do personagem Drake, a produtora se inspirou no personagem Jhonny Knoxville de Jackass, além de conter traços de personalidade dos personagens Indiana Jones e Duro de Matar dos cinemas. Ou seja, Drake é fruto de uma mistureba de gente foda pra caralho.

Imagem: Tudo Geek

4. Referências

É tanta referência neste jogo que até o Capitão América ia surtar. Sério. Além da presença de Crash Bandicoot e The Last of Us, há também referências a Sackboy e Jax & Daxter;  o personagem de “LittleBigPlanet” da Sony, aparece rapidamente no terceiro jogo de Uncharted, como um boneco pendurado na janela de um ônibus e em Drake’s Fortune vemos Nathan vestindo uma roupa de mergulho da marca “Ottsel”.

Imagem: Game Hall

5. Nolan North

O dono da voz original de Nathan é bem conhecido no mundo dos games. Já dublou grandes jogos como Batman: Arkham City, X-Men: Destiny, Portal 2, The Lord of the Rings: War in the North, Assassins Creed: Revelations e muito mais. O currículo dele em animações, filmes e seriados também é extenso: vemos desde Ben 10 até Pretty Little Liars (Liars de plantão: ele é o Peter Hastings, pai da Spencer, na série).

Imagem: Gracie Herbert

Atenção!

Como eu não sou esperta o suficiente para entender as curiosidades, retirei dos sites Panda Largo, Tech Tudo e Game Hall.

Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.