Games
8 de Janeiro de 2018

Muito provavelmente você já ouviu falar do mais novo jogo da Blizzard, Overwatch. Duvidei que o jogo era bom e acabei ficando viciada no game. Vem conhecer um pouco mais sobre a história, os personagens e o jogo fantástico que é Overwatch.

Imagem: Business Wire

Anunciado em 2014 mas lançado oficialmente em 2016, Overwatch é um jogo multiplayer de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Blizzard (mesma desenvolvedora de Heroes of the Storm, World of Warcraft, Hearthstone e muitos outros). O jogo está disponível nas plataformas PC, XBox One e PlayStation 4. Até o fim da escrita deste post, a versão para PC do jogo está em promoção em seu site oficial e você pode comprar clicando aqui.

A história de Overwatch

Acredito que não adianta falar muito sobre a jogabilidade sem falar antes da história do jogo.  O jogo se passa na Terra em um futuro após a guerra Omnica, que foi uma revolta de robôs no mundo inteiro que gerou um grande conflito. Querendo o fim deste conflito, as Nações Unidas criaram a Overwatch para proteger a humanidade e acabar com a crise.

E a Overwatch realmente protegeu o povo por muito tempo até que, depois de muitos incidentes de atividade criminosa surgirem em todo o mundo, acusações de corrupção e de sedição começaram a surgir e o pessoal da organização começou a ser visto com desconfiança até que um dia a sede da Overwatch foi destruída em um ataque que também causou a morte de Jack Morrison (Soldado: 76) e Gabriel Reyes (Reaper), o líder e o segundo-em-comendo. Com isso, a organização foi dissolvida.

Porém, com novos ataques dos robôs que oprimem os humanos, há a necessidade do time se unir novamente.

Os personagens

Em Overwatch, os personagens são divididos em quatro funções, uma vez que são heróis com habilidades semelhantes:

  • Ofensivo: personagens ofensivos têm alta mobilidade e são conhecidos por sua capacidade de causar grandes quantidades de dano. Para equilibrar isso, personagens ofensivos têm um baixo número de pontos de vida. Nesses heróis temos como exemplo Sombra, McCree, Tracer (filha da puta que todos odeiam) e outros.
  • Defesa: personagens de defesa se sobressaem em proteger locais específicos e na criação de pontos de obstrução. Eles também podem fornecer vários auxílios de campo, tais como torres-sentinela e armadilhas. Seus heróis são Bastion, Widowmaker, Mei e outros.
  • Tanque: de todos os personagens do jogo, os personagens Tanque são os que mais possuem pontos de vida. Devido a isso, eles são capazes de chamar a atenção do inimigo para longe de seus companheiros de equipe, também como para atrapalhar o time inimigo. Eu particularmente prefiro jogar de tanques, como a D.Va, Roadhog, Zarya e outros.
  • Suporte: personagens de Suporte são personagens que têm habilidades que melhoram a sua própria equipe e/ou enfraquecem o inimigo. Eles podem não ser os que causam mais dano ou possuem mais pontos de vida, mas os buffs e debuffs que fornecem garantem que seus companheiros de equipe terão menos trabalho para lidar com adversários. Nessa classificação temos Zenyatta, Mercy, Moira e outros.

Imagem: Pinterest

Modos de jogo

Em Overwatch, há oito modos de jogo distintos:

  • ARENA: Em cenários de 1×1 ou 3×3, cada equipe tenta matar todos os adversários.
  • ATAQUE: Os atacantes lutam para capturar uma série de objetivos; os defensores impedem o progresso deles até que o tempo se esgote.
  • ATAQUE/ESCOLTA: Primeiro os atacantes capturam a carga, depois a levam ao seu destino; os defensores tentam impedi-los.
  • CAPTURE A BANDEIRA: Duas equipes de seis jogadores lutam para capturar a bandeira da equipe inimiga enquanto defendem sua própria bandeira.
  • COMBATE ATÉ A MORTE: Oito jogadores se enfrentam em partidas de todos contra todos decididas pelo número de eliminações.
  • COMBATE ATÉ A MORTE EM EQUIPE: Duas equipes de quatro jogadores se enfrentam para obter mais eliminações.
  • CONTROLE: Duas equipes lutam para capturar e assegurar um objetivo de cada vez. A primeira equipe a ganhar duas rodadas vence a partida.
  • ESCOLTA: Os atacantes escoltam uma carga até um ponto de entrega, enquanto os defensores tentam impedir que a carga chegue ao seu destino antes que o tempo acabe.

A review de Overwatch

Depois de falar sobre os principais pontos do jogo, tenho, obviamente, que dar minha sincera opinião do jogo. Eu via Gameplays e não achava interessante o jogo, para mim era um coop online como Dota e LoL. Comprei e comecei a jogar, gostei bastante da jogabilidade. Pelo menos no PC, os comandos são bem simples e de fácil controle. A única coisa que eu não gostei pois não sou acostumada é com o sistema de primeira pessoa. Sou acostumada com jogos em terceira pessoa, então foi um choque jogar em primeira pessoa.

Outra coisa que eu achei bem interessante é a personalidade de cada herói. Além de terem personalidades diferentes, cada personagem tem sua história que, mesmo não explícita no jogo, é bem complexa mesmo que curta.

Enfim, não é a toa que Overwatch conquistou (e conquista) muitos jogadores ao redor do mundo. A jogabilidade é fácil, os comandos são tranquilos e os personagens são cativantes, cada um do seu jeito. Outra coisa que eu gostei é a representatividade no jogo. Com certeza você vai encontrar um personagem e acabar se apaixonando por ele.

Imagem: Tenor

E aí, vocês já jogaram Overwatch? Querem ver mais posts sobre o jogo? Deixem seu comentário!

As informações deste post foram retiradas dos sites Wikia Overwatch, Play Overwatch e Overwatch BR.

Acompanhe também:

Facebook | Twitter | Instagram | YouTube

 

Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.