Originais
18 de outubro de 2017
Eu sinto saudades de escrever. A escrita sempre esteve comigo, nos melhores e piores momentos. Quando eu não tinha ninguém para desabafar, quando eu achava que era um incômodo, quando eu queria fugir de tudo, eu escrevia. Sempre foi algo mais do que uma terapia para mim. E é engraçado como tudo me inspirava: músicas, seriados, filmes, programas… Tudo. Hoje, eu estou escrevendo isso e me perguntando quando foi que eu parei com este hobby. Talvez sejam os compromissos da vida. Talvez seja a falta de inspiração. Talvez seja a minha mania de fazer inúmeras coisas ao mesmo tempo que não deixa espaço no meu cérebro para fazer mais uma. Talvez sejam minhas crises de depressão e ansiedade querendo voltar.
Mas enfim, sinto saudades de escrever. Saudades da sensação quando um texto que demorou muito tempo para ser feito finalmente é concluído. Saudades de ler um texto uma semana depois e lembrar da mesma coisa que eu estava sentindo quando escrevi. Saudades disso tudo.
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.