Uncategorized
20 de fevereiro de 2015
Fala galera, tudo certo?
Não consegui finalizar o capítulo de Fogo da Manhã programado para hoje, então estou aqui com um post diferente para vocês e talvez eu apareça com mais textos desse tipo para o blog (se vocês curtirem posts assim, claro) que eu irei escrever a minha opinião sobre diversos temas, incluindo experiências próprias e experiências de conhecidos meus.
E eu escolhi o tema faculdade exatamente pois saiu a nota do ENEM, muita gente começou a trilhar seu caminho como graduando, muitas pessoas vão fazer milhões de cursinhos esse ano e porque eu to de férias (hahaha) brincadeira, não só por isso, mas eu tenho umas experiências bacanas com faculdade (dois anos de experiências).
Para entrar na faculdade, primeiramente você tem que ter em mente o que vai fazer. Se você ainda está indeciso, assista a palestras que mostram o que cada profissional trabalha, converse com alguém mais experiente no assunto, informe-se de todos os jeitos possíveis e escolha o que você mais gostar. E mesmo assim pode ser falho, pois no terceiro ano eu queria fazer odontologia ou arquitetura e acabei parando em Letras e não pretendo largar hahaha. 
Depois de escolher seu curso, procure se informar sobre as faculdades que oferecem esse curso. Vamos supor que você quer Letras não para ser professor, mas ser profissional de edição (vou puxar sardinha para o meu curso, já que é o único exemplo que eu tenho em mente no momento). Não são todas as faculdades do Brasil que oferecem esse curso, se não me engano é ofertado somente na USP e no CEFET-MG. Assim que viu as faculdades, converse com os seus pais sobre as inscrições e tente se inscrever na maioria.
E agora começa o passo mais importante do mundo, sem ele você não chega a lugar nenhum: estudar. Eu não estudei para passar na minha faculdade, mas não sigam o meu exemplo, estudem firmemente e fortemente (LOL). Tentem pesquisar sobre vídeo aulas no YouTube, procurem dicas para a redação, faça provas antigas, leia os livros que os vestibulares pedem e tudo mais.
Sobre o meu período pré-vestibular, eu não estudei loucamente pois eu acabei ficando internada na terça-feira após o ENEM e estava com sintomas de um novo surto da Esclerose Múltipla durante a prova do ENEM. Conclusão: minha nota foi lá embaixo. Sabendo que minha nota não seria boa, tentei o vestibular para o CEFET-MG sem ser pela nota do ENEM e passei na segunda chamada por ser a 7ª excedente.
A primeira semana do primeiro período serve mais para adaptação do que para tudo. Ah, e se você acha que assim que você entrar na faculdade você vai a uma festa a cada fim de semana, saiba que isso é coisa de filme americano, o qual os alunos mais festejam do que estudam. Claro que vai ter vinhada, calourada, festa junina e essas coisas, mas muitas vezes vai ser só isso. Vinhada e calourada geralmente acontecem no início de cada semestre, festa junina em junho/julho e, se bobear, tem um concurso de bandas, mas que eu saiba só. O que mais teve até agora e sempre rola são idas aos bares que ficam ao redor de faculdades.
Mas enfim, o primeiro semestre é meio uma face do que você vai encarar daqui para frente (sim, eu me refiro aos professores e aos trabalhos). Em questão de matéria vai variar muito pelo curso e pela faculdade. Ás vezes, você vai ver uma matéria específica para o curso e para seu futuro profissional no primeiro período e outras vezes essa matéria vai aparecer no meio do curso.
Portanto, estudem. Antes e na faculdade. E, de preferência, estudem depois também, pois conhecimento nunca é demais. Pode parecer cliché falar para estudar, mas se você não estuda, você não tem nada. E o tempo todo você vai ter pressão vinda de todos os lados do mundo, vai parecer que até o rato que está no boeiro está te pressionando, mas deixe o botão do foda-se ligado e vai fazer suas coisas. E se não der certo nessa vez, relaxe: tem o ano que vem e vestibulares no meio do ano.
Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

  1. Beatriz Ferreira

    21 de fevereiro de 2015

    Ótimo post, apesar de faltar muito tempo pra mim entrar na faculdade. Por enquanto eu vou pensando no que eu quero fazer 😉

    invisivelmenteeu.blogspot.com.br

    • Juliana Piquerotti

      21 de fevereiro de 2015

      Olá Beatriz!
      Obrigada pelo elogio 🙂 E pense com calma, você ainda vai mudar muito de ideia.