Uncategorized
5 de janeiro de 2015
Fala galera, tudo certo?
Hoje é segunda e sabe o que isso significa? Além de que a semana está começando toda de novo?
SEGUNDONA DO TÉDIO!
Para o segundo post, eu pensei em um jogo que eu joguei (e estou jogando loucamente) durante essas férias: o The Sims 4.
A EA Games lançou, no final do ano passado, o tão aguardado pelos fãs “The Sims 4″. Não cheguei a comprar no dia do lançamento, mas, após um tempo, me rendi e comprei na Origin. Abaixo, alguns comentários sobre o jogo:

  • Pela primeira vez, os Sims tem sentimentos e tem interações a partir desses sentimentos;
  • Como ainda temos somente o jogo base, ainda não há muito o que explorar; exceto os lotes misteriosos, localizados em uma árvore em Willow Creek e em uma praça em Oasis Springs;
  • Quantas vezes você queria que seu sim fizesse duas coisas ao mesmo tempo? Agora é possível, pois eles são multitarefas;
  • Uma coisa que eu adorei foram os modos de criação, tanto o de sim quanto o de construção, estão muito mais ricos;
  • Seu computador foi formatado e você perdeu seu sim? Não se você tiver um ID Origin e estiver conectado à Internet. Todos os seus Sims ficam salvos lá.

Porém, apesar desses pontos, eu senti muita falta dos bebês, das abduções, dos carros, do coelho social e dos signos (apesar de ter a atualização das piscinas, elas perderam a graça depois de não serem armas do crime).
Se vocês quiserem comprar, tem na Origin por R$ 99 aproximadamente (o preço pode variar). E, se vocês gostarem, comentem aqui!
PS: Boa parte do conteúdo do post foi retirado do Games Letras, site que construí para fins didáticos.

Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*