Originais
16 de junho de 2013
Quantas vezes você quis falar com aquela pessoa o que sentia? Muitas, não é? Sei muito bem como é isso. O pior é quando você tem todas as falas em sua mente, o diálogo completo, mas não tem o começo. A causa disso é um pouco de timidez e de orgulho, as coisas feitas para acabar com qualquer coisa. Se depender de nós dois, pessoas tímidas, ficaremos na eterna troca de olhares, que não vai render em nada. Vamos ficar nos olhando e esperando o vencedor do concurso de quem vai falar com o outro primeiro? Eu já tomei a minha iniciativa, falta você mexer as peças do jogo agora. E quer saber de uma coisa? Nem sei porque eu estou escrevendo este texto para você, sério. É estranho escrever um texto assim para você. Não sei se é por causa do seu jeito, do seu sorriso ou simplesmente porque parece estar crescendo algo dentro de mim que não consegue deixá-lo longe. Olho no seu facebook, as coisas que você curte, as músicas que você posta e as pessoas com as quais você conversa e penso: “Como eu queria ser uma das pessoas que você conversa, queria ter certeza que sou o alvo de suas indiretas”. Sério, quando que vamos parar com isso? Quando eu colocar um texto assim em sua time line e falar “É para você, idiota”?
Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*