Uncategorized
13 de julho de 2016
Todo mundo tem um refúgio. Algum lugar ou alguém que elas simplesmente desabafam e contam das coisas que passaram durante um tempo. Um refúgio, um porto seguro.
Passei por um semestre com milhões de turbulências. Ansiedade dando sinal de vida. Pressa para fazer trabalhos de faculdade. Um período difícil de adaptação em um novo estágio. A angústia de ver que nada do que eu fazia estava bom não para os outros, mas para mim. Idas e vindas ao hospital, muitos exames de sangue feitos (para alguém que odeia agulhas e exames, é uma agonia) e todos eles dando normal. A sensação de estar em uma correria. Magoar e afastar pessoas muito queridas sem querer. Chegar em casa e querer deitar na cama abraçada com o cachorro. Pois é, foram dois meses bem complicados.
Pensei em dar um tempo para a escrita, já que eu, simplesmente, não estava mais sabendo o que estava acontecendo comigo. Estava sem motivo, desanimada, sem vontade de fazer quase nada e acabei “abandonando” esse meu hábito de colocar tudo em um texto. Colocar meus medos, minhas alegrias, minhas angústias, minhas dores e meus amores em palavras. Acreditei que ficando longe disso tudo eu iria melhorar, que, quando eu voltasse, eu estaria renovada e pronta para muitas outras. Mas eu estava enganada. Acredito que piorei não colocando nada em palavras e cheguei a conclusão de que eu preciso escrever para me sentir bem novamente. Preciso colocar em palavras tudo o que vem à mente. Para desabafar. Para compartilhar meus sentimentos. Para sentir-me bem comigo mesma.
Agora, eu sei que a escrita é o meu refúgio. Se eu falo tudo o que eu penso em palavras, por mais que elas não façam o menor sentido, eu me sinto muito melhor e renovada, assim como após uma boa consulta com uma psicóloga que você sai bem mais leve e confiante, acreditando que nada pode te parar. E quer saber? Se a escrita é o meu refúgio, eu não poderia ter escolhido um refúgio melhor.

Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

  1. Milena Motta

    18 de julho de 2016

    Que texto lindoooooo <3 to apaixonada no seu blog e to seguindo ele. Voltarei sempre!

    http://www.casadapequena.com.br/

  2. Luana Calazans

    22 de julho de 2016

    Que texto maraaaa! seu blog é um amor!

    Beijinhosss, Mundo de lua

  3. Ana Luíza Barreto

    25 de julho de 2016

    perfeito , seu blog é lindo <3

  4. 21 Primaveras

    25 de julho de 2016

    Oi linda! tudo bom? Tenho o habito de desabafar escrevendo meus textinhos e publicando no blog! quando sinto que vou explodir já sei que preciso sentar e escrever alguma coisa. você tem um talento incrível com as palavras continue assim <3

  5. Raquel Emanuela

    25 de julho de 2016

    Antes de tudo parabéns pelo blog lindo e por esse resto incrível!
    Tenho o costume de demostrar meus sentimentos na escrita, e isso me deixa muito mais leve!
    Beijo!

  6. Amanda França

    25 de julho de 2016

    Sei exatamente como você se sente! Em 2015 passei por coisas parecidas, aquela correria, idas e vindas do hospital, tomando remédio na veia. Estresse, cansaço… É tenso haha. Adorei o texto!

    http://www.aconteceucomagente.wordpress.com

  7. Káh Souza

    25 de julho de 2016

    Demonstrar os sentimentos seu para os leitores é ótimo. E o texto ficou lindo, amei!
    Beijos, sucesso amore!

    http://www.blogdakah.tk

  8. Segredos da Juh Costa

    25 de julho de 2016

    Eu me sinto mais confortável desabafar escrevendo também <3
    Posso nem postar no Blog mas fica lá guardado haha
    Amei seu Blog vou me inscrever <3

  9. Hellen Nascimento-Ela é Baré

    25 de julho de 2016

    Realmente se tem tres coisas que fazem efeito consulta psicologica essas são: escrever, ler e musica! E se te faz bem! Jamais abandone esse refugio! Eles nos salvam quando ninguem sabe o que dizer 🙂

  10. Bia França

    25 de julho de 2016

    Quando escrevemos, colocamos tudo em ordem em forma de palavras, parece que os sentimentos se ajeitam. Ótimo texto ♥

    pareinaadolescencia.blogspot.com.br

  11. Sthefani Monteiro

    25 de julho de 2016

    Adorei o texto! Realmente faculdade é um caos em final de semestre e sempre ficamos loucas. Mas precisamos relaxar e pensar na saúde.

  12. Susana L.

    25 de julho de 2016

    escrever faz bem, não importa se é pra compartilhar angústia ou alegria 🙂

  13. Luana Freitas

    25 de julho de 2016

    Acredita que eu estou passando por situação semelhante, parece que tá tudo dando errado pra mim, sinto como se as pessoas estivessem se afastando e isso acaba me deixando mais pra baixo ainda. E como todo mundo tem um refúgio, acho que o meu seja o blog, cada vez mais que eu me dedico ao blog, mais eu me sinto bem e foi por isso que eu resolvi fazer o BEDA lá no blog, acho que assim eu consigo me libertar um pouco dessa angustia de ver as coisas dando errado e as pessoas se afastando.
    Adorei o texto
    Beijos

    http://www.blogueiramineira.blogspot.com

  14. Mirela Ramos

    25 de julho de 2016

    Desabafar é muito bom, da um alivio gigante, quanto mais a gente fica em silêncio mais aquilo nos consome. Adorei seu blog.
    Beijos!
    vitainsanis.blogspot.com

  15. Cidália Maria Milani

    25 de julho de 2016

    Continue desabafando através das palavras! Belo texto! Espero que esteja bem agora.

    Bjos,
    Cidália (Contos da cabana)

  16. Cidália Maria Milani

    25 de julho de 2016

    Continue desabafando através das palavras! Belo texto! Espero que esteja bem agora.

    Bjos,
    Cidália (Contos da cabana)

  17. Ana Catarine Mendes

    25 de julho de 2016

    Se tem uma coisa que eu amo É desabafar por meio de textos. Amei o post, linda! Me identifiquei ♥

  18. Gabriella Kirsten

    25 de julho de 2016

    Acho muuuuuito importante desabafar, mesmo se for para si mesma, na escrita, melhor do que se afogar na própria ansiedade. Texto lindo!
    Beijos,
    Pompom Chic

  19. Laís Pierim

    26 de julho de 2016

    Que texto mais lindo! Tão verdadeiro e bonito! Também gosto de extravasar os sentimentos para o papel, não tem nada melhor! Beijinhos <3

    http://www.compondoestilo.com.br

  20. Mulherzinhas SA

    26 de julho de 2016

    Adorei o texto. Eu tenho o habito de desabafar escrevendo, mas depois jogo o texto fora pq é algo muito meu rsrs mas é meu jeito de extravasar 🙂

  21. Bruna Ruiz Costa

    26 de julho de 2016

    Ameii o post, sucesso se puder dar uma passadinha no meu blog http://brunacruizcosta.blogspot.com.br/

  22. mica merces

    26 de julho de 2016

    amei o texto <3 eu tinha o hábito de desabafar no meu caderninho mas infelizmente estava me fazendo mais mal do que bem

  23. Alana Zoz

    26 de julho de 2016

    Que texto maravilhoso. Adorei menina!

  24. Mariana Sanches

    26 de julho de 2016

    Que texto lindo. Te entendo perfeitamente. Eu encontro o refúgio na escrita. Amo escrever e tento fazer isso sempre que preciso.
    Beijoooos <3

  25. Fernanda Ruiz

    27 de julho de 2016

    Gostei do texto e do blog, sucesso!