Originais
16 de junho de 2013
Não sei o motivo, mas pensei em você quando fui dormir na última noite. Pensei nos nossos momentos alegres, os momentos em que tínhamos certeza que éramos feitos um para o outro. E sabe o que aconteceu? Senti saudades. Saudades da forma que você me abraçava e sorria para mim, me deixando sem graça até eu pedir para você parar de me olhar daquela forma, algo que você nunca fazia e só me restava cobrir o rosto. Saudades de ficarmos rindo sobre inúmeros acontecimentos em filmes, principalmente os que você falava “um dia vai acontecer conosco”. Saudades das inúmeras trocas de olhares sem graça que sempre aconteciam. Você sente saudades dessa época também? Que tal esquecermos o nosso orgulho, o nosso precioso e inútil orgulho, que não nos deixa voltar aos mesmos erros? Pelo menos por um momento, ou até que eu encare que você não sente mais nada por mim. Um momento para você dizer que entre nós não há realmente mais nada. Um momento para eu cair na real que você não é mais meu.
Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*