Originais
16 de junho de 2013
Não adianta dizer que eu não ligo, você sabe que eu ligo. Você sabe que eu me importo e me preocupo e eu nem consigo fingir um sorriso perto de você que fica muito evidente. E, outra coisa, sou muito idiota. Mas o problema disso é uma pessoa a qual eu estou dedicando este texto. Cara, eu não consigo nem falar “oi” sem pensar em minha mente como seria te beijar. Como seria se eu fosse sua? Será que o meu sorriso bobo ficaria mais evidente? Ou ele seria trocado por um sorriso apaixonado, um sorriso de “eu te amo”?
Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*