Melhores do mês
30 de junho de 2017

Mais um mês está se acabando e julho (mês do meu aniversário; quero bolo) está chegando! E aí, todo mundo animado com o famoso “mês das férias”? Espero que dê para eu fazer mais coisa do que em junho, porque olha… O mês foi complicadinho para sobreviver.

Série: Dear White People

Eu gosto muito de séries que nos fazem refletir sobre as nossas atitudes e na hora que eu li sobre a premissa de Dear White People eu quis assistir. A série retrata muito o racismo nas universidades americanas. Em cada episódio da série o foco é em um estudante e mostra como ele vive com a discriminação. A série com certeza vai abrir os olhos de muita gente e é uma das séries que dá vontade de ver até cansar!

Game/App: Friday 13th

Se você é fã de jogos de terror e quer jogar com seus amigos, Fiday the 13th é uma excelente pedida. O jogo consiste em você sobreviver, junto com seus amigos, do serial killer (Sucrilhos Kellogs, brinks) Jason. Para fugir, você deve arrumar o telefone para ser resgatado pela polícia, arrumar um dos carros ou arrumar o barco. Fácil? Não. A medida que o jogo passa, Jason vai ganhando habilidades que facilitam a encontrar o pessoal. Ah: e a escolha de quem é Jason é aleatório pelo jogo: você vai selecionar com qual sobrevivente e qual Jason quer jogar, mas só na hora da correria que você descobre. A única coisa que eu não gostei muito do jogo é que os mapas são repetitivos, não tem muitas funcionalidades e o preço do jogo (R$ 70,00 na Steam) é bem caro para a pouca coisa que o jogo oferece no momento.

Livro: O jogo da verdade, Kezia Martins

A Kézia perguntou, em uma postagem no Facebook em um grupo que eu participo, quem gostaria de ler a obra dela e eu, depois de saber que a narrativa era bem do jeitinho que eu gosto, um suspense com romance, falei: coloca meu nome na lista. E este mês, como eu fiquei muito atarefada por conta do TCC, mal tive tempo para ler. Em breve a resenha do livro será postada aqui no blog.

Filme: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

Harry Potter comletou 20 anos e nós comemoramos como? Assistindo todos os filmes pela milionésima vez, claro! Como este mês foi muito corrido para mim, peguei o meu favorito da saga e assisti e, sem dúvidas, foi o melhor que eu vi este mês. Sim, eu só vi filme bem besteirol este mês ou filme que eu achei bem ruim. Acredito que, mesmo se fossem filmes bons, iriam perder para o Snape protetor e a aparição do Sirius.

Site: satty.tv

Já indiquei aqui no blog o canal Pense Geek e, agora, a Satty veio com um blog! Nele, ela fala sobre jogos, beleza, produtinhos, cosplays e muito mais, não deixem de conferir!

Álbum: All is vanity, da Christina Grimmie

Após a morte da cantora no ano passado, a família da Christina disse que lançariam as músicas da cantora aos poucos e, no dia 10 de junho, dia que completou um ano do falecimento da Christina, All is vanity foi lançado. As músicas tem uma onda mais pop que me lembrou muito o estilo dela no EP Side A. Gostei muito da música, em breve farei resenha do álbum aqui no blog para vocês 😀

Anime/mangá: Yu Yu Hakusho

O meu primo me emprestou no começo do ano passado o mangá e eu só li este fim de semana que passou. Super controlada esta menina, não? Mas enfim, o mangá é sobre um menino chamado Yusuke que, ao salvar uma criança de ser atropelada, acaba falecendo. Nisso, uma garota que “verifica” as almas dos que morreram (chamada Botan), diz que a morte dele não iria acontecer agora, que o garotinho só ia se machucar. Nisso, para Yusuke voltar a vida, ele deve fazer boas ações e ajudar as pessoas. Como? Possuindo elas. Gente, é um mangá, se não tem possessão, fofura excessiva ou alguma coisa totalmente estranha, não seria mangá.

YouTube: BRKsEdu

 

Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*