Todos os posts sobre Livros

Livros
19 de janeiro de 2017
Fala galera, tudo certo com vocês?
Não sei de vocês, mas eu sou uma pessoa extremamente compulsiva e eu quero deixar de ser assim. Se eu estou com vontade de ler um livro, eu compro e o precioso fica na estante pegando poeira sem eu ter lido, mas eu vou mudar isso. Em 2017 eu prometo que não comprarei livros até terminar pelo menos 20 livros que eu tenho e que nunca li. Vou fazer uma segunda parte deste post na sexta feira com os livros do Kindle, mantendo a mesma meta de vinte livros. Quero fazer isso pois eu aposto que vou encontrar livros que eu não vou gostar e vou querer vender em grupos de desapego, pois os meus favoritos são só meus hahaha.
Comprei a maioria por indicação, por serem livros que gostei das resenhas ou livros que são a continuação de alguma série de livros que acompanho. Retirei as sinopses do site da Saraiva, assim como as imagens.
Imagem: Saraiva
Pegasus: Quando Pegasus, o majestoso e mitológico cavalo alado, é atingido por um raio e cai em seu terraço durante uma violenta tempestade que deixa Nova York no escuro, a vida da jovem Emily transforma-se em uma lenda. Buscando ajuda para tratar os graves ferimentos de Pegasus, Emily recorre ao garoto estranho da escola, Joel. Trabalhando juntos, eles rapidamente descobrem que o cavalo alado tem mais do que ferimentos da tempestade. Ele possui marcas da terrível batalha que acontece paralelamente ao nosso mundo. Uma batalha contra o Olimpo, onde destruição e morte marcam o lugar onde antes os deuses governavam. Junto com Pegasus, Emily e Joel enfrentarão batalhas épicas contra terríveis monstros, seres sobre-humanos, deuses e demônios, mas suas vidas nunca mais serão as mesmas após voarem com Pegasus nesta heroica aventura para salvar o Olimpo antes que a ‘Chama do Olimpo’ se apague para sempre..
Wayne de Gotham: Por trás de toda máscara existe um homem de verdade. Ainda criança, Bruce Wayne testemunha o assassinato dos pais – e o mistério sobre o motivo o impulsiona a fazer uma busca pelo seu passado. É quando descobre um diário secreto de seu pai Thomas, um médico rebelde que parece finalmente revelar o seu lado obscuro. Sua identidade é seriamente abalada quando um convidado levanta, inesperadamente, questões sobre o evento que acabou com a vida de sua amada mãe e seu admirável pai – caso que provocou para sempre sua vontade insaciável de proteção e vingança. Para descobrir a história real da família, Batman precisa confrontar o antigo inimigo, como o perverso Coringa, seu próprio mordomo Alfred, além do passado que assombra o asilo Arkham, para assumir o novo fardo de um legado sombrio. Muito mais próximo dos filmes de Burton e Christopher Nolan e das HQs de Frank Miller do que dos seriados de TV dos anos 1960 e dos outros quadrinhos. Um olhar imaginativo sobre o lado humano de um super-herói icônico.
Imagem: Saraiva
Os últimos dias de Krypton: Antes do Apocalipse – que fez o bebê conhecido mais tarde como Clark Kent ser enviado à Terra – Krypton prosperava. Na cidade de Kandor, o cientista Jor-El e a historiadora Lara casaram-se e tiveram Kal-El, o único que sobreviveria ao fim do mundo. Tudo era harmonia e perfeição numa civilização com baixíssimo índice criminal, quando um alienígena invade o planeta e provoca uma tragédia irremediável para os kryptonianos. É a grande chance do diabólico General Zod tomar o poder e implantar uma ditadura que usará da invenção tecnológica de Jor-El para subjugar a todos. E em meio a tudo isso, uma tragédia fatal se aproximava – um destino catastrófico profetizado por Jor-El que mudaria a história kryptoniana para sempre…
Crônicas de Gelo e Fogo: Todo o reino de Westeros ao alcance das mãos. A série Crônicas de Gelo e Fogo dispensa apresentações. São mais de 30 milhões de livros vendidos ao redor do mundo – e cerca de 2 milhões do Brasil. Os números, assim como a profusão de tramas e personagens impressiona e atrai mais fãs a cada dia.
Imagem: Saraiva
Os Adoráveis: Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossu¬ ciente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ¬ ficaram pela primeira vez.
Para Sempre: A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a ‘Krickitt’ com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.
Imagem: Saraiva
Gossip Girl: Adolescentes adoram fofocar em qualquer lugar do planeta, mas no mudinho fabuloso dos jovens da alta sociedade nova-iorquina as fofocas são sempre mais divertidas, nem que seja pela suas roupas caras de estilistas famosos, pelas casa de férias em lugares hiperchiques, pelos litros de bebidas que consomem ou pelas brigas sem qualquer motivo. Em ‘Gossip Girl’, iremos conhecer o universo quase secreto doa alunos de tradicionais escolas particulares para meninas e meninos, onde nem mesmo os horríveis uniformes conseguem esconder a beleza desses afortunados.
O Chamado do Cuco: Um mistério elegante e emocionante impregnado da atmosfera de Londres – das ruas silenciosas de Mayfair aos pubs entocados do East End e à agitação do Soho – “O Chamado do Cuco” é um livro extraordinário, do autor Robert Galbraith (pseudônimo de J. K. Rowling). Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P.D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma singular série de mistério.
Dente por dente: Depois dos acontecimentos do homecoming, Reeve foi parar no hospital, com uma perna quebrada, e seu futuro como atleta está ameaçado. As meninas se sentem culpadas por toda a situação. Não esperavam que as consequências do plano fossem tão graves. Quase perderam o controle. Já que Reeve está mais arrogante do que nunca, o jeito será aplicar nele uma dose do seu próprio veneno e esperar que aprenda a lição. O acidente no baile deixou marcas profundas na consciência de Lillia, Kat e Mary. Sentimentos como amizade, lealdade e ódio se misturam, questionamentos sobre limites… Alguns segredos são mais difíceis de guardar. Aliás, o que são essas coisas estranhas que estão acontecendo com Mary? À medida que Lillia, Kat e Mary descobrem verdades incômodas sobre os moradores da ilha, percebem também que não se conheciam como pensavam. Cada vez mais elas lidarão com o sentimento de que talvez tenham ido longe demais…
Imagem: Saraiva
Teorema de Katherine: Se o assunto é relacionamento, o tipo de garota de Colin Singleton tem nome: Katherine. E em se tratando de Colin e Katherines, o desfecho é sempre o mesmo: ele leva o fora. Já aconteceu muito. Dezenove vezes, para ser exato. Depois do mais recente e traumático término, ele resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e um melhor amigo bem fora de forma no banco do carona, o ex-garoto prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar pés na bunda, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. Uma descoberta que vai mudar para sempre a história amorosa do mundo, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.
Quem é você, Alasca?: Miles Halter tem fascinação pelas últimas palavras que grandes pessoas disseram antes de morrer. Vive de devorar biografias. Mas está cansado de ter só isso para livrá-lo do tédio que é a vida com os pais, na Flórida. Em busca do que o poeta François Rabelais chamou em suas últimas palavras de o “Grande Talvez”, Miles sai de casa para ingressar na Escola Culver Creek, um internato no Alabama. Muitas coisas o esperam lá; entre elas, Alasca Young. Inteligente, engraçada, louca e incrivelmente sexy, Alasca vai arrastar Miles para seu labirinto e catapultá-lo sem misericórdia na direção do Grande Talvez.
Mentirosos: Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano eles passam as férias de verão numa ilha particular. Cadence — neta primogênita e principal herdeira —, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos. Cadence admira Gat por suas convicções políticas e, conforme os anos passam, a amizade com aquele garoto intenso evolui para algo mais. Mas tudo desmorona durante o verão de seus quinze anos, quando Cadence sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu. ‘Mentirosos’ é um suspense moderno e sofisticado, impossível de largar até que todos seus mistérios sejam desvendados. Ao mesmo tempo, a prosa lírica e o estilo seco e denso o fará mergulhar de cabeça no mundo dos Sinclair e nas crescentes angústias de Cadence — para então vir à tona completamente impactado.
E vocês, já leram algum desses? Conta para mim o que achou para me animar a ler haha.
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Livros
13 de janeiro de 2017

Imagem: Arquivo pessoal

Fala galera, tudo certo com todos vocês?
Sexta-feira, sua linda! Esse dia da semana tão maravilhoso que merece uma resenha de um livro tão maravilhoso quanto ela e o livro é Doutora da Alma da mineira Paloma Bernardino.

Título: Doutora da Alma
Autora: Paloma Bernardino Braga
ISBN-13: 9788558331043
ISBN-10: 8558331049
Ano: 2016 
Páginas: 212
Idioma: português 
Editora: Penalux
Sinopse: Valentina Rodrigues é a it girl do momento. Seu livro, “O Voo da Borboleta”, está no topo da lista dos mais vendidos. Por causa da sua história inspiradora, ela começa a ser chamada de “A Doutora da Alma”. Danilo Vaccari costumava ser o melhor amigo de Valentina. Eles cresceram juntos e se conheciam melhor do que ninguém. Eram inseparáveis – até que Valentina teve de se mudar para São Paulo. Os dois mantinham uma amizade à distância, mas, de repente, Valentina encerra o contato com Danilo. Só que ele sempre foi apaixonado por ela. Quando Danilo descobre que Valentina se tornou uma escritora famosa, vê a sua chance de obter respostas e declarar seus sentimentos. Enquanto lê o livro de Tina, ele tenta achar uma forma de encontrá-la. Ela, no entanto, fica cada dia mais famosa e inacessível.
Imagem: Arquivo pessoal
Capa:
A capa tem um estilo simples que lembra um quadro, fato que, depois da leitura, o leitor consegue identificar os elementos presentes nela. Achei isso bem diferente, pois vejo algumas capas com algo mais artístico e que conseguimos matar o propósito somente lendo a sinopse.
Sinopse:
A sinopse não me deixou tão atraída para ler o livro, mas eu tinha lido as 50 primeiras páginas do pdf que a Paloma me enviou e eu fiquei louca para ler a obra toda. Minha sorte é que eu fiquei bem atarefada no serviço e só consegui concluir a leitura no final de 2016 com o livro físico, o que me deixou infinitas vezes mais emocionada.
Diagramação:
Eu não gostei muito da diagramação do livro. Como eu trabalho como revisora e por causa da minha graduação, aprendi a ficar um pouco tensa ao ver linhas órfãs, viúvas, hifenização entre as páginas (uma palavra começa em uma página e termina em outra) e, infelizmente, encontrei muito na obra, o que me incomodou muito. Outra coisa que me deixou um pouco chateada também foi com a impressão, pois o rodapé está mais claro em algumas páginas e a orelha da quarta capa está mais clara que o resto da capa.
Mas fora isso, o final de capítulo contém uma borboleta na página par e eu achei este detalhe lindo, deu um estilo bem delicado à obra. A escolha de fontes e do papel foi muito bacana, pois não dá sombreado em hora nenhuma e não cansa a vista.
Narrativa:
Os erros de diagramação e impressão não tiram o mérito de que o livro foi o melhor que li em 2016. Assim que terminei de ler, enviei um áudio para a Paloma, já que eu estava chorando dentro de um ônibus.
Imagem: Arquivo pessoal
A narrativa da obra é feita em primeira pessoa com uma grande ênfase nos sentimentos de Danilo, sobre o seu passado, sobre a relação que ele tem com Valentina e sua relação com outras pessoas. Conseguimos sentir todas as emoções não só de Danilo, mas de todos os personagens do livro. Conseguimos entender o motivo de Valentina parar de falar com Danilo. Conseguimos sentir o instinto protetor de Paloma e não conseguimos sentir tanta raiva assim de Vanessa (ok, só um pouco).
Enredo:
O livro tem um enredo que vai te prender do início ao fim. Você fica curioso para saber o que aconteceu com Valentina e se o Danilo vai finalmente conseguir falar com ela. Paloma construiu um enredo digno de um romance para você entrar dentro da obra e não querer sair. Uma das coisas que mais me fascinou de longe é que Doutora da Alma é um livro incrivelmente poético, com frases maravilhosas.
O livro começa com Danilo Vaccari sabendo da mudança de sua melhor amiga, Valentina Rodrigues, para São Paulo por causa do pai que foi transferido em março de 2012. Logo após acontece uma passagem de tempo e Danilo está com sua irmã Pâmela no shopping quando observa na prateleira um livro chamado O Voo da Borboleta. No fim, Danilo não compra o livro mas ganha um caderno de anotações de sua irmã e ele usa este objeto para colocar anotações sobre seus sentimentos por Valentina.

“A simples lembrança da garota de cabelos ondulados, sorriso
torto e feições simples, faz meu coração bater mais rápido. Eu deveria
tê-la beijado. Eu deveria ter socado a cara de um garoto que
deu um fora nela quando estávamos no primeiro ano do ensino
médio. Eu deveria ter feito muitas coisas, mas não fiz. Sempre
pensei que a teria, só que a vida me deu um tapa na cara” (p. 18)

Porém, ao ver a amiga na televisão, Pâmela chama Danilo e ele tem a descoberta de que seu amor é Tina Cari, a autora de O Voo da Borboleta. Para tentar compreender a ausência de Valentina em sua vida, ele compra o livro e fica fascinado ao ler mais sobre Valentina. 

“Depois de brilhar um pouco, percebi que estava na hora. Estava na hora de juntar todos os cacos, e montar de novo aquilo que estava quebrado. Era uma nova fase. Eu estava moldada e farta de todos os socos. Então eu entrei na minha pupa, fique enrolada, aguardando, aproveitando a inércia para pensar. O que estava certo? O que estava errado? Quem seria a nova eu? A última transformação iria começar. Eu estava quase pronta para voar” (p. 110)

Então Danilo começa uma busca por Valentina, fazendo um “quadro de suspeitos” para ajudá-lo a mapear o que aconteceu para Valentina não querer mais conversar com ele e cortar contato.
Nota final:
Parafraseando Mike Wasawski, leia este livro agora se não o bicho pega! Hahaha.
O livro me cativou do começo ao fim com suas frases lindas, história envolvente, passado dos personagens (amo histórias que focam no passado dos personagens), uma curiosidade que desperta no leitor e, quando você termina de ler, fica querendo o segundo volume da obra (ou manda áudio chorando para a autora hahaha).

“Como eu não posso acreditar em destino e em acaso com
tudo o que aconteceu no últimos anos? Valentina indo embora. Eu
tentando, sem sucesso, encontrá-la. Isso é destino. O nosso encontro
no metrô… aquilo foi acaso. Será que o nosso final será por destino
ou por acaso? Ou ambos, como foi no filme? Filmes têm finais
felizes… eu quero acreditar que a vida real também” (p. 155)

Imagem: Arquivo pessoal
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Livros
26 de dezembro de 2016

Fala galera, tudo certo?
Estou aqui com um post diferente para vocês nesta segunda-feira, um post comentando sobre primeiras impressões. A minha xará, Julianna Rodrigues, lançou um livro e queria blogueiros e blogueiras para falar sobre a obra e coloquei o nominho do Loucuras ao Vento na lista e recebi o material para comentar sobre as primeiras impressões do livro Não foi suicídio. Deixarei no final do post link para comprar o livro, caso você se interessar.
Título: Não foi Suicídio
Autora: Julianna Rioderguz
Sinopse: Belina vê sua vida virar do avesso ao presenciar um suicídio. Frio, rápido e sem explicação. Uma jovem se joga do topo de um prédio, tendo seu corpo perfurado pelos cacos de vidro da calçada. Ninguém entende como uma jovem no auge de sua vida era capaz de cometer o ato.  Mas o que aparentava ser um mero suicídio, se revelou maior do que isso. Belina se vê diante de um assassino de força sobre-humana, capaz de levar a mente de suas jovens vítimas à loucura, torturando-as profundamente em sua psique. Agora, ela deverá correr contra o tempo para descobrir como parar o temeroso assassino e seu cão maldito, antes que seja tarde.
Editora: Young Editorial
Dimensões: 16×23
Páginas: 316
Categoria: Ficção
ISBN: 978-85-5695-022-2
Capa:
Eu achei a capa bem macabra haha. Ela tem um estilo mais sombrio, que prendeu a minha atenção e despertou a minha curiosidade em ler a obra.
Sinopse:
A sinopse da obra é bem chamativa, mas não me deixou com muita curiosidade de ler a obra. Com a sinopse, pensei que era algo mais suave, da personagem principal realizar uma reflexão sobre o passado dela e a relação que ela tinha com a pessoa. Lendo as primeiras páginas eu percebi que eu viajei legal.
Diagramação:
Gostei muito da diagramação da obra. Os estilos do início de capítulos com a modelo da capa em preto e branco mais desfocada, achei bem diferente e combinou com o clima de suspense do livro. Não encontrei erros na diagramação, o que é bem positivo.
Primeiras páginas:
Primeiramente, vou deixar um recadinho para a autora que me enviou o pdf das primeiras páginas: você não tem coração? Sério, você tinha que parar justo naquela parta para me deixar extremamente curiosa para ler o resto? 
Agora brincadeiras à parte, eu fiquei surpresa com as primeiras páginas. O prólogo narra uma cena de suicídio, a qual uma jovem cai de um prédio e a personagem repara no olhar da falecida que ela seria uma das vítimas. 
Achei assustador? Pra cacete. Desisti de ler? Claro que não. 
Outra coisa que eu reparei nas primeiras páginas é que o envolvimento da Belina no crime é praticamente imediato; tem o assassinato e os policiais a reconhecem, chamando-a para ajudar a solucionar o crime dando algumas pistas sobre a vítima, uma vez que Belina foi a única pessoa que olhou para cima do prédio que a filha de seu chefe caiu e morreu, questionando se realmente foi suicídio.
Nota final:
O livro deixa os leitores aflitos e curiosos para ler tudo de uma só vez. Tanto que eu li umas trinta páginas e fiquei querendo mais e mais da história. Gosto muito de livros de suspense e, com certeza, vou querer este livro na minha estante.
Compre o livro aqui!
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Livros
16 de maio de 2014
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Livros
4 de maio de 2014
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.