Uncategorized
15 de dezembro de 2014
Estava conversando segunda-feira com minha irmã e com meu primo sobre a minha infância e a deles também. Porra, bateu uma saudade do caralho. Saudades de minha única preocupação ser qual o episódio de Sailor Moon ou Sakura eu veria hoje. Saudades de ficar brincando de coisas aleatórias. Saudades de debater qual o melhor alien que Ben 10 se transformava. Saudade de ficar ansiosa para a nova temporada de Teen Titans. Saudade de ficar toda ralada porque estava brincando de Kim Possible. Saudade dos planos que eu fiz para o futuro, as metas, as frases que completavam a sentença “quando eu for mais velha”. Agora eu tenho quase vinte anos nas costas e olho para trás. Não vou dizer que quero voltar a ter essa idade, pois eu não me arrependo do que fiz ou do que eu deixei de fazer. Queria voltar a ter essa inocência, esse sentimento de que “é uma brincadeira”. Mas a vida te obriga a crescer e toma rumos que você nunca imaginou que tomaria. A vida tira essa inocência.
Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*