Uncategorized
20 de setembro de 2015
Sinopse: Kagome era uma colegial normal até que um diaum monstro a pegou e através de um poço ela caiu na era feudal. Lá, ela reviveu InuYasha, um meio Yokai, e, em seguida, acabou destruindo um objeto muito poderoso, a grande joia de 4 almas e Kagome é a unica que pode ver seus fragmentos. Então InuYasha é obrigado a partir com ela em uma jornada para recuperar todos os fragmentos de joia. Ao longo de sua jornada, conhecem muitos amigos como Mirok, Sango, Kirara e Shippou. InuYasha começa odiando Kagome, mas ao longo do anime, seus sentimentos mudam.
-xx-
Fala galera, tudo bem com vocês? 
Estou aqui com mais uma resenha de anime para vocês 😀 Esse anime não marcou muito a minha infância como Sakura Card Captors, Sailor Moon, Pokemón ou Digimon, mas eu passava um bom tempo assistindo e nunca entendia o que estava acontecendo pois eu assistia episódios aleatórios. Comentei isso com uma amiga minha, a Clara, e ela insistiu para que eu assistisse e cá estou eu escrevendo essa resenha após ver o terceiro episódio.
Kagome é uma garota que tem uma família japonesa dona de um templo por algumas gerações. Um dia, quando vai procurar pelo seu gato Buyo em um poço perto de sua casa, um monstro ataca a garota, levando-a para o fundo do poço (insira uma piadinha aqui hehehe). Porém, ao subir o poço, a garota está no passado e, caminhando com a finalidade de encontrar a sua casa, encontra InuYasha, um homem com orelhas de gato, preso por uma flecha na árvore das gerações.
Após quase ser atacada por aldeões, Kagome é salva por Kaede, uma sacerdotisa cuja irmã morreu 50 anos atrás. Na casa de Kaede, o mesmo monstro que a levou para este lugar retorna e ataca Kagome e, ao fugir do monstro, acaba acordando InuYasha. 
Confesso que o primeiro capítulo do anime me deixou com grandes expectativas, ainda mais porque Kagome é uma das primeiras protagonistas de anime que eu não fiquei de mimimi. A trilha sonora do anime é perfeita, já estou baixando a música de abertura para cantá-la loucamente no caminho da faculdade hahaha.
Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*