Uncategorized
5 de janeiro de 2015
Então me abraça, porra. Não está vendo que eu estou precisando muito de um abraço? Ainda mais o seu abraço, que faz um efeito calmante em mim. Não sei como, mas cara, é sério. Seu abraço me acalma e me faz ter uma sensação boa. E, como dito antes, me abraça, porra.
Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 21 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*