Uncategorized
23 de julho de 2015
Você dirigia rápido, cantando os pneus nas ruas de Belo Horizonte. E eu adorava isso, eu me sentia como no filme Velozes e Furiosos. O vento bagunçava meus cabelos e eu ria com a sua cara enquanto me olhava. É estranho, não é? Ter essa sensação boa novamente depois de anos sem nos falar. Mas parece que esses anos foram dias, nós continuamos do mesmo jeito. Você e sua mania de passar de 100km por hora em uma cidade cheia de radares e eu com a mania boba de olhar para você com um sorriso na cara. E eu espero que isso nunca mude.
Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*