Todos os posts sobre Aplicativos

Aplicativos
12 de setembro de 2017

Fala galerinha do meu coração, tudo bem com vocês? O aplicativo que vou indicar hoje é um que salva a minha vida sem sombra de dúvidas.

Muitas vezes a maquiagem que eu passo na minha cara não fica muito boa por causa de alguns poros e eu preciso de ajustar. Conheci o aplicativo MakeUp Plus por acaso, pois eu queria colocar efeitos engraçados nas fotos, mas o resultado foi melhor.

No aplicativo MakeUp Plus, você pode escolher uma maquiagem pré-definida ou fazer a sua própria. Eu gosto muito de fazer a minha própria, mas as pré-definidas também são lindas.

Nas fotos, eu fiz o teste sem maquiagem para que vocês vejam mais sobre as funcionalidades do app. Eu gostei muito, porém, nem tudo é perfeito. Nesta primeira foto, a da careta, o batom não reconheceu muito bem minha boca. O resultado? Meus dentes acabaram ficando coloridos.

Outra coisa que não gostei muito foi da funcionalidade de pintar o cabelo. O efeito fica bem artificial, a menos que você mude a intensidade. Mesma coisa para as lentes.

Peço desculpas pela falta de detalhes na resenha, mas o aplicativo fala de maquiagem e não é o meu ponto forte. O post é um desafio que fiz para mim mesma de tentar sair da minha zona de conforto.

E vocês, já conheciam este aplicativo? Não? Comentem aqui a opinião de vocês 😀

Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Aplicativos
29 de março de 2017

Eu escrevi este post quando estava totalmente viciada no aplicativo Clash Royale. Hoje eu desinstalei o aplicativo porque enjoei um pouco do jogo e ele estava me prejudicando. Precisava (e ainda preciso) terminar o TCC, fazer vídeos, editar, fazer posts e não fazia pois estava jogando. Então cortei o mal pela raiz, como diria mamãe. Mas como eu sei que tem uma galera que joga, resolvi usar o meu (pouco) conhecimento com o jogo para indicar alguns decks para vocês. Eu estava na Arena 10, antiga arena Lendária e atual Montanha do Porco, então tenho quase todas as cartas disponíveis. Com vocês: decks Clash Royale e o meu deck!

Para começo de post, eu gosto muito de decks com baixo custo de elixir. Não gosto de esperar um ano para o elixir carregar e eu conseguir montar uma estratégia, então só escolhi decks com baixo custo de elixir.

Imagem: Clash Royale Dicas

Imagem: getclashroyaleapk.com

Imagem: clashroyale.2p.com

Imagem: clashroyale.2p.com

Imagem: clashroyaletactics.com

E, por fim, o meu deck consiste em: Mago Elétrico, Valquíria, Balão, Fúria, Bola de fogo, Horda de Servos, Mineiro e Bomber. Com este deck eu consigo dar um bom estrago no oponente e ainda defender bem. O Mago Elétrico dá um zap no adversário, o que atrasa Sparky, Príncipes e Bárbaros de elite. Gosto de fazer o combo de defesa Mago Elétrico + Valquíria/Bomber, que mata os bárbaros de elite muito rápido. O meu combo de ataque é balão e fúria, simplesmente porque a fúria faz qualquer carta atacar mais rápido, se mover mais rápido e dar mais dano. O mineiro é uma peça chave quando há coletor de elixir ou princesa no deck adversário. Apenas alguns golpes e pronto, não tem mais princesa no jogo. A Bola de fogo eu uso caso o adversário tenha a praga das três mosqueteiras ou Horda de Servos. Apenas uma bola e tudo acaba. E, por fim, a Horda de Servos eu uso mais para defesa de Gigante, Gigante Real, Esqueleto Gigante, Corredor e Sparky.

Gostou das dicas e quer indicar um deck? Deixe o seu comentário que vou ficar muito feliz em saber mais decks e, quem sabe, até testar alguns.

Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.
Aplicativos
23 de janeiro de 2017

Imagem: heavyeditorial

Fala galera, tudo certo com vocês? Cá estou eu ainda me acostumando com o uso do wordpress.org, pois vocês merecem qualidade nos posts e eu me sinto na obrigação de dar esta qualidade para vocês, correto? Correto. Eu fiquei um tempo no hospital por causa de um surto da Esclerose Múltipla e o que me ajudou a distrair enquanto o corticoide entrava em minha corrente sanguínea foi comida e jogos de endless run, aqueles que você corre no jogo inteiro e não chega a lugar nenhum. Pois é, e vou aqui indicar alguns joguinhos para você se distrair não só em hospitais, mas também na fila de banco ou enquanto espera seu boy ou sua mina chegar no encontro pois é a vida. As informações que coloquei aqui são do site da Google Play, então créditos totais a eles.

Tomb Raider: Relic Run

Lara Croft: Relic Run é o novo jogo de ação e aventura para os fãs nostálgicos de Lara Croft. Quando uma conspiração sombria ameaça o mundo, somente Lara Croft é capaz de descobrir a verdade. Corra, balance-se, dirija e mergulhe em ambientes lindos e desafiantes, encontrando relíquias antigas para descobrir a verdade e resolver o mistério.

Sonic Dash:

Para celular e tablet. Até onde o porco-espinho mais rápido do mundo consegue correr? Jogue como Sonic the Hedgehog, enquanto você dispara, pula e gira ao atravessar ambientes 3D estonteantes. Deslize por cima e por baixo de obstáculos desafiadores neste rápido e frenético jogo de corrida sem fim.

Temple Run:

Temple Run é um jogo de ação do género “Corrida infinita” no qual você tem de correr enquanto evita todo o tipo de obstáculos que encontra pelo caminho – que não são necessariamente poucos. Em comparação com outros jogos semelhantes, nos quais o seu controlo é limitado a saltar, em Temple Run você terá muitas mais manobras: deslize o dedo pelo ecrã para fazer o seu personagem dobrar esquinas, incline o dispositivo para ele correr ao longo da margem esquerda ou direita, deslize o dedo para cima para o fazer saltar, ou para baixo para o fazer deslizar pelo chão. Enquanto corre evitando todo o tipo de obstáculos (incluindo buracos no chão, ramos de árvores e armadilhas de fogo), você terá de apanhar o maior número possível de moedas. Isto é especialmente importante, porque com elas poderá comprar melhorias para o seu personagem, como magia ou habilidades especiais, bem como novos personagens e alguns prémios aqui e acolá. Os gráficos do jogo são maravilhosos, contendo bons modelos e texturas 3D que, no geral, são muito bem executados. Adicionalmente, o design não é mau, o que torna o jogo agradável de ver. O Temple Run é um jogo super-divertido que se adequa perfeitamente aos controlos do Android. O seu único ponto fraco, se temos de mencionar algum, é ser demasiado viciante e possivelmente mantê-lo colado ao ecrã do seu telemóvel por horas e horas.

Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.