Uncategorized
10 de fevereiro de 2015
“Vou buscar vingança sobre todos aqueles que traíram minha família. Eu sou Ezio Auditore de Florença. Sou um assassino”.

Fala galera, tudo certo?
Hoje o blog está recebendo mais um post do marcador Andei Lendo e digo mais: de um livro que eu li voando e de um jogo que, como todos que já viram alguns posts do blog sabem, eu sou muito fã.
Sinopse: Traído pelas famílias que governam as cidades-estado italianas, um jovem embarca em uma jornada épica em busca de vingança. Para erradicar a corrupção e restaurar a honra de sua família, ele irá aprender a Arte dos Assassinos. Ao longo do caminho, Ezio terá de contar com a sabedoria de grandes mentores, como Leonardo da Vinci e Nicolau Maquiavel, sabendo que sua sobrevivência depende inteiramente de sua perícia e habilidade. Assim começa uma épica história de poder, vingança e conspiração.

O livro Assassin’s Creed: Renascença é um livro baseado no segundo jogo de Assassin’s Creed focando apenas a parte histórica do jogo (ou seja, sem a parte presente com o Desmond), narrando com objetividade a história do jogo. Então caso você jogou Assassin’s Creed II e quer jogar novamente mas está com preguiça por ser um jogo longo (não conheço ninguém com preguiça de jogar, mas enfim), você vai ter a opção de ler o livro e recordar as emoções de quando você jogou e se sentir no jogo mais uma vez. Isso só não vai dar certo caso você queira jogar as partes do Desmond, porque, como eu falei, no livro só apresenta as partes do Ezio.
Outro fator interessante é que o livro aprofunda nos sentimentos do Ezio. Beleza que nos jogos nós tínhamos a percepção por causa da expressão facial dele e falávamos nossos comentários em voz alta como se fossem a mente dele, mas no livro é muito mais intenso, mesmo que narrado em terceira pessoa. Oliver Bowden… Você é brilhante cara.
Confira o trailer do jogo (que está totalmente relacionado com o livro):




Compre o livro: Saraiva — Submarino — Americanas
Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*