Uncategorized
21 de dezembro de 2014
Nunca fui muito de falar das minhas limitações (no caso, a Esclerose Múltipla), pois mutas pessoas acham que eu quero mostrar que sou a coitada, que eu quero tirar vantagem sobre isso e altas coisas, como se fosse uma decisão minha ter. Como se fosse uma decisão minha ficar no hospital durante uma semana tomando corticoide que te faz ficar inchada e cheia de espinhas (além de te fazer ficar no hospital, você fica com uma baixa estima de outro mundo). Mas eu posso dizer que o tempo me fortaleceu de certa forma., acho que é parte do aceitar a doença. Claro, se eu ficar sentada em um canto chorando e dizendo “eu não queria ter Esclerose Múltipla” não vai resolver nada, então sem choro e sem mimimi: a vida segue.
PS: Se você for alguém que manda em quais remédios entram e qual saem, um aviso para você: Libera o remédio oral para esclerose múltipla, porque é um saco tomar injeção toda semana.
Comentários Facebook
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*