Aleatórios
11 de outubro de 2017
Olá minha gente, tudo certinho com vocês? Nesta vibe de dia das crianças, resolvi refazer um post antigo com coisas mais atuais. Esta é uma experiência muito legal, pois você além de se lembrar de quando era mais nova ou mais novo, se lembra do que queria fazer agora. Se você já fez um post ou vídeo assim, me envie que vou adorar ler as experiências de vocês.
Sem mais delongas, vem ver o recadinho que dei para a pequena Juliana de 10 anos!

Querida Juliana cotoquinho de dez anos,

Primeiramente não, você não vai crescer muito. E, por mais estranho que pareça, você não vai se incomodar com isso. Todos vão falar que você será bem alta quando crescer, mas o segundo estirão de crescimento não aparece. Mas enfim, não é sobre altura (ou falta dela) o motivo desta carta. Você deve estar toda feliz com o dia das crianças, não é? Não tem aula nesta semana, é uma terça-feira de outubro de 2005 (claro que você com 10 anos vai olhar no Google para saber o dia exato deste post quando você tinha 10 anos, o super poder de saber datas é perdido com o tempo). Muito provavelmente você está assistindo a programação do Cartoon Network ou Jetix. Você vai sentir saudades de ver estes canais no futuro, já que os desenhos mudam com o passar do tempo. Ah, e não tenha medo de ver o último episódio dos desenhos. Sei que você não tem medo, só não percebe que chegou ao final. Ou as emissoras não compraram o final dos desenhos, mas enfim, aproveite ver estes desenhos.
Sabe aquele povo bobo que fala que “desenho japonês é para menino” e você se importa? Mande-os catar coquinho. Não mude o seu jeito para agradar ninguém. Você vai criar mil e um cantinhos na internet até achar um que você realmente goste: o Loucuras ao Vento.
Mas enfim cara Juliana cotoquinha, sua vida vai mudar muito. Você vai achar que não é capaz de fazer as coisas da forma que queria, mas é possível. E não mostrar somente para os outros; vai se superar e mostrar que, seguindo em frente, é capaz de fazer tudo.
Lembre-se: você é capaz de tudo. Não desista.
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Dicas
9 de outubro de 2017
Fala minha gente, tudo certo com vocês?
Confesso que estou um pouco chateadinha com a última semana, tive um surto da Esclerose que me pegou de surpresa, mas estamos aí, não é mesmo? E, nestes dias, eu fiz dois planners gratuitos para download: um semanal e outro diário.
Já é válido lembrar que não sou nenhuma designer, tanto que estou querendo voltar a ter habilidades manuais e, para isso, é necessário ter prática. Então eu disponibilizei os meus dois planners aqui para vocês. Espero que gostem :3
Os dois planners estão em formato A4, logo fica mais fácil para a impressão e escrita. Titia Juki pensando no bem estar de vocês, olha que coisa fofa.

Planner Diário

No planner diário, há um espaço para anotações diversas, uma lista de itens para você fazer e marcar o que já foi feito no dia. Também há um espaço para as notinhas do dia, para você colocar algo que você fez muito importante e não se lembrou antes. Outro item que eu gostei bastante é a aba importante, que são itens que você coloca o que é mais importante no dia ou itens que você precisa fazer no dia seguinte.
Baixe aqui o planner diário, com espaço para você colocar coisas importantes para fazer no seu dia a dia.

Planner Semanal

No planner semanal, as divisões são por conta dos dias da semana. A semana começa no domingo e tem espaço para você colocar muita, mas muita coisa nele. Eu testei e estou amando o resultado, estou com muito orgulho de mim mesma hahaha. Não tem linhas, então sinta-se livre para deixar a sua criatividade fluir durante a sua semana e ir acrescentando mais e mais coisas.
Baixe aqui o planner semanal, com espaço para você colocar coisas importantes para fazer na sua semana.
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.

Fala Juliana
2 de outubro de 2017
Fala minha galera, tudo certo com vocês? Estou aqui com mais um Fala Juliana, aquele post mais sério o qual eu exponho minha opinião. E o assunto de hoje é um que me deixou bem chocada e é algo que eu, honestamente, não queria que existisse: Toxicidade e negatividade na internet.
Este post tem a ver com a semana a qual fiquei afastada da internet. Já tem muito tempo que eu estou vendo cada vez mais a internet sendo uma coisa bem tóxica. Se você não concorda com uma opinião, você tem uma determinada ideologia política ou está totalmente errado. Só que muita gente não sabe argumentar. Já chega no ataque. A conversa acaba virando uma cartilha de ofensas gratuitas.
E, recentemente, percebi que esta toxicidade está cada vez mais perto de blogs e canais do YouTube. Fiquei impressionada ao ler alguns comentários de YouTubers com muita gente tóxica. Se você faz um vídeo de regata e é acima do peso, as pessoas vão falar “Gordx”, “Nossa, precisa emagrecer, hein?”. Você pode falar sobre assuntos extremamente importantes no vídeo, mas a pessoa está ligando é para a sua aparência. Sabiam que isso faz mal não só para a pessoa que recebe a ofensa, mas para quem ofende também? Claro, as pessoas veem quem você é por comentários em redes sociais.
É nestes momentos que eu fico com uma saudade imensa da internet em 2010/2011. A internet era bem menos tóxica. Não tinha uma competição besta para ver qual blog era o melhor, uma loucura de comprar seguidores e inscritos, fingir ser outra pessoa… Enfim, as pessoas eram mais reais. Elas queriam se ajudar, queriam fazer amigos. Não tinha uma competição boba de “minha grama é maior que a sua”. Se tinha, era bem pouco. Pode ser por isso: não me recordo de ninguém louco por parcerias em 2011 aí quando eu vejo a enxurrada de gente preocupado só com parceria me assusta.
Aconteceu um caso em um grupo que participo que uma pessoa postou sobre parceria. Uma amiga colocou prints dela falando mal de blogueiros. Você deve estar pensando “nossa, todos elogiaram esta menina”, certo? Errado. Mandaram mensagens dizendo que a menina estava estragando a parceria deles.
Infelizmente, a internet está virando algo assim: compra de seguidores, pessoas se estapeando por parcerias e pessoas egoístas. Quero a internet antiga de volta, sem tudo isso. Sem toxicidade, sem negatividade, apenas pessoas querendo se conhecer.
Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.