Blog
12 de Janeiro de 2018

Fala galera, tudo certo com vocês?

Hoje vai voltar um tipo de post que muita gente gostou. Até fiquei surpresa quando vi que vocês gostaram, pois eu pensei em fazer essa entrevista mais por curiosidade minha de conhecer mais cosplayers, pois acho que é um hobby/trabalho muito interessante e que merece o devido destaque. Sem mais delongas, a entrevista de hoje é com a cosplayer Kitsune Raposa. Vi um cosplay dela de D.Va no grupo Overwatch Brasil e achei que ela foi muito criativa em colocar a personagem em uma pool party. Vamos à entrevista!

Imagem: Kitsune Raposa (Facebook)

1. Como você começou a fazer cosplay?

Comecei trabalhando no maid café de um evento da minha cidade, o Hanamachi. Para trabalhar nele, tive que fazer um maid, e já comecei me inspirando numa personagem do He is My Master, usando meu próprio cabelo da cor dela, e fazendo a roupa igualzinha com uma costureira local do meu bairro. Na sala, muitos outros cosplayers entravam, e eles me inspiraram a querer fazer de outros personagens também, não somente maids. Então logo após trabalhar lá, comecei outros projetos.

2. Há quanto tempo você faz cosplay?

Desde 2011, há 7 anos ^^

3. Quantos cosplays você já fez?

34. Tenho um já pronto, mas como não tive a oportunidade de estrear, não conto ele ainda.

4. Qual o cosplay que você fez que mais gostou?

Imagem: Kitsune Raposa (Facebook)

É difícil escolher um só, pois amo cada projeto meu igualmente. É impossível para mim citar apenas 1, então, cito os 4 que mais amo, que foram a Holy ou Lime Serenity, do jogo Grand Chase, a Ahri Foxfire (Raposa Flamejante) do League of Legends, a Lux Star Guardian (Guardiã Estelar), do League of Legends, e a Morgana Noiva Fantasma, também do League.

A Holy pois ela traz toda uma memória de um jogo que foi muito amado por mim e pelo meu noivo, e porque fizemos ela juntos, e fazer o martelo gigantesco dela foi um tremendo desafio que durou um ano inteiro! E o resultado final achei que me encaixei muito com ela, pela personalidade radiante e otimista dela, e por ser bem “chibi” como ela haha.

A Ahri…todas as Ahris que eu faço são extremamente importantes pra mim (elas estão sendo citadas todas nesse pódio, pra ser sincera haha). Eu as refaço até chegar na perfeição ao meu ver. Mas a Foxfire pra mim é a mais linda, e a qual me levou a trabalhar numa CBLOL uma vez para a Riot, então ela é ainda mais especial. Adoro as cores dela!

A Lux Guardiã Estelar me lembrou das minhas origens, eu entrei nesse mundo dos animes quando eu tinha apenas 3/4 aninhos e foi com Sailor Moon! Eu amava tanto…e então eu cresci amando garotas mágicas, e a personalidade da Lux me inspira, eu realmente me identifico demais com ela e me sinto muito bem interpretando ela. Ela representa minha alma.

A Morgana Noiva Fantasma foi o meu cosplay mais demorado para terminar, juntamente com a Holy, foram 2 anos em busca da perfeição, refazendo muitos detalhes, e como resultado final, eu fiquei muito orgulhosa dela. Acho ela linda, imponente, e representa a primeira personagem que foi minha main no jogo mesmo do League (e também a primeira skin que comprei no jogo!).

5. Qual seu cosplay mais recente?

É a Mahou D.Va, fanart da D.Va versão garota mágica, do Overwatch.

Não se esqueçam de conhecer a página dela!

Veja mais posts de entrevistas com cosplayers!

Imagem: Kitsune Raposa (Facebook)

6. O que você mais gosta quando faz cosplay?

Eu amo o resultado final, me ver transformada em algo que planejei por diversos meses, dar certo. Adoro fazer fotos marcantes e apresentações cosplays que homenageiem o quanto eu amo os personagens que estou interpretando. Adoro criar as apresentações, dublá-las e fazer a performance no palco. Posso colocar todo amor que tenho por teatro no cosplay (já que não posso usar isso em meu atual trabalho).

7. Você se inspira em algum cosplayer? Qual?

Me inspiro na Witchiko, na Josi Oliveira (Angel Arwen) e na Layze Michelle. Todas elas fazem cosplays incríveis e memoráveis, além de possuírem um registro fotográfico sensacional de cada um deles. Elas se dedicam a todos os detalhes possíveis, e assim eu tento seguir seus passos. Nunca me precipitando ou correndo. E claro, fazendo com todo o carinho, assim como elas.

8. Qual um cosplay que você quer muito fazer, mas ainda não fez?

Essa é uma pergunta difícil hiaudhiuadhai Geralmente se eu quero MUITO fazer um cosplay, eu só vou lá e faço ahuidhaisud Mas acho que o meu maior desejo agora é terminar todas as skins da Ahri. Falta pouco! Esse é um dos meus maiores sonhos cosplays. E já planejo 3 Ahris pra este ano.

Imagem: Kitsune Raposa (Facebook)

9. Você pode revelar o seu próximo cosplay ou quer fazer uma surpresa?

Será a Mystic Lux, da skin Elementalista. Estou trabalhando nela, na Ahri Guardiã Estelar e na Ahri Arcade ao mesmo tempo! Então acredito que estas serão as próximas (com alguns projetos mais simples e menores no meio).

10. Qual conselho você dá para quem quer fazer cosplay?

Escolha um personagem que você ame. Faça com carinho, não se apresse, que tudo dará certo! Com amor, ele ficará perfeito. Faça cosplay em grupo, é uma experiência maravilhosa! Você divide esse seu grande amor com gente que você ama, ou ainda conhece novos amigos ^^ Mas acima de tudo, se divirta! Cosplay é para isso, seja com fotos, seja se apresentando no palco, ou até mesmo só caminhando pelo evento, encontre seu jeito ninja de cosplayar o/

Imagem: Kitsune Raposa (Facebook)

Ela também ganhou o primeiro lugar no concurso de cosplay do AniVenture de 2017 com seu cosplay de Lux! Confira o vídeo da apresentação:

Não se esqueçam de curtir a página da Kitsune que é uma fofa super talentosa para dar uma boa ajuda para ela!

E aí, gostaram do post? Querem ver mais Juki Entrevista aqui no blog? Se sim, aproveitem e deem dicas se querem ver ilustradores, escritores, cantores, cosplayers… Enfim, me falem que eu vou tentar aparecer aqui no blog com eles.

Juki

Graduanda em letras e canceriana de 22 anos na identidade, mesmo com cara de 17. Apaixonada por games, música e literatura, viciada em animes e mangás e louca por chocolate.